Direções

Produtos e Serviços Multiplicáveis (Parte I) – Por Evelyn Bonorino

Publicado em: 15/01/2013

   

A minha idolatrada, salve, salve, Faith Popcorn escreveu em seu livro “O Relatório Popcorn” sobre as diferentes mudanças de comportamento do consumidor, em 1993. A partir de profundas observações no presente ela e sua equipe do Brain Reserve “traçaram” o futuro, que podemos dizer ser o que estamos vivendo agora.

Este livro voltou para a minha cabeceira recentemente. Relendo vejo que praticamente todas as previsões se concretizaram, isto é, viraram produtos ou serviços. Faith foi apelidada de “Nostradamus do Marketing”, pois a sua capacidade de perceber o que ninguém está percebendo é o que a diferencia dos simples mortais. Existem outros admiráveis profissionais do seu nível no mercado, mas prefiro aqui só citar ela.

Vamos ao que interessa, ou seja, o pensamento criativo e visionário que todo empresário/profissional tem que ter para desenvolver produtos antes mesmo dos consumidores perceberem que precisam dele, segundo Faith Popcorn.

Escolhi um capítulo do livro para desdobrar. Aliás, a EVELYN B acredita muito no modo como a Brain Reserve pratica suas consultorias. Na nossa mecânica de prestação de serviços o mais importante é decodificar, filtrar, moldar e desdobrar.

ENCASULAMENTO. “Estamos nos entocando, estamos nos encavernando, estamos nos escondendo debaixo das cobertas … estamos em casa.1986″ “Agora vivemos em casulo. 1991″
Ambas as afirmações (previsões) foram feitas por Faith e pareciam absurdas na época, pois estávamos elétricos e avançando em todos os segmentos. O crescimento tinha as suas vantagens, mas começou a assustar o consumidor, que logo buscou a sua casa para se “proteger”, digamos, de um modo geral da violência urbana. Então, este novo comportamento e necessidade do consumidor que emergia fizeram com que diferentes profissionais, inclusive os do segmento moda desenvolvessem produtos para viver no casulo.


Mas o desdobramento desta tendência não se resumiu ao mobiliário, ele se multiplicou. O código de vestir foi alterado também, pois as roupas de ficar em casa (homewear) deveriam ser confortáveis, mas com estilo e Calvin Klein (que também tem uma linha de mobiliário) abusou!!! Sobre os serviços, muita coisa está indo até você. O delivery cresceu graças ao casulo. Eu chamo este atendimento de Maomé (case da montanha), e uso quando vejo empresas de moda levando à casa de suas clientes VIPs, roupas para serem experimentadas mais à “vontade”. Grau de persuasão altíssimo e segurança plena.

A marca carioca Agilità pratica este serviço www.agilitafashion.com.br. A coleção primavera-verão chega à loja do Fashion Mall no dia 05 de agosto. Se voce não tem como atender ao melhor estilo Maomé, pratique o atendimento SECRET (todas as VIPs no mesmo dia, no mesmo horário – geralmente muito cedo ou muito tarde, ultra secreto e sem direito a acompanhante – leia uma situação como esta só que com abordagem “debochada” no livroBergdorf Blondes de Plum Sykes)

Estou falando muito no passado, mas por quê? Porque eu acho que é sempre muito bom checar previsões e vejo que o casulo de Faith Popcorn é fato, mas entendo que o mercado ainda tem muito que se aproveitar.
Por hoje é só, mas continuo na próxima coluna com as INDULGÊNCIAS. Aguardem!

Entre em contato pelo e-mail: contato@evelynb.com.br

Comente esta publicação:

Nome:
Mensagem: