A marca brasileira de moda íntima Duloren criou a campanha #semsaltosemdor, divulgada também pela hashtag #divaduloren, no intuito de dar fim à regra social de que as mulheres devem usar salto alto para estarem elegantes. Defendendo a ideia de que toda mulher tem o direito de usar o calçado que quiser e quando quiser, a marca apoia que as mulheres devem ter as suas próprias regras.

Em Londres, uma recepcionista foi suspensa do trabalho porque se recusou a usar salto alto durante o expediente de 9 horas. Outro caso foi a foto de uma garçonete no Canadá que estava com os pés machucados e sangrando após usar salto alto no trabalho, cuja política a obriga usar o calçado o turno inteiro. Além de casos como esses divulgados na mídia, atrizes renomadas foram descalças no Festival de Cannes no último final de semana. Julia Roberts, Kristen Stewart e Sasha Lane fizeram parte do movimento, que era uma forma de protesto em defesa das mulheres que foram impedidas de entrar no Festival do ano passado porque usavam sapatos sem salto.

“Estamos sempre atentos a tudo que está acontecendo ao redor do mundo feminino e levantamos a bandeira da autoestima e da autovalorização da mulher. A Internet é a nossa principal ferramenta hoje em dia e precisamos defender o que acreditamos”, afirma Denise Areal, diretora de marketing da empresa. A nova campanha de mídias sociais é criação da agência BTG Performance e Comunicação Digital.

IMG-20160517-WA0013

Compartilhe:

    A designer gráfica polonesa Olga Wójcik deu uma nova versão aos Simpsons, a família da série norte-americana do canal Fox. Homer, Marge, Bart, Lisa e a pequena Maggie, que vivem uma paródia satírica do estilo de vida da classe média dos Estados Unidos, agora são estilosos e sneakerheads, adeptos da cultura urbana Sneaker (do inglês, tênis).

    Marcas como Yeezy Boost, HUF, Pigalle, Supreme, Yeezy Season 3 e OCB foram as escolhidas pela designer para dar essa streetwear makeover aos personagens. As ilustrações estão no Instagram de Wójcik: https://www.instagram.com/machonis/

    olga1 olga3 olga4 olga6 olga2

    Compartilhe:

      met-gala-dress

      A atriz Emma Watson foi ao tradicional baile de gala do museu Metropolitan, que marca a abertura da exposição anual do Costume Institute, realizado na última segunda-feira (dia 2), em Nova York, com um vestido produzido de maneira totalmente sustentável. Feito de garrafa pet e outros materiais reciclados, o projeto foi uma colaboração entre a Calvin Klein e a Eco-Age, uma consultoria de marca.

      O vestido de alta costura foi projetado com materiais que estavam sob medida, ecológicos e sustentáveis, utilizando tecidos orgânicos e plástico reciclado, feito de três tecidos diferentes e todos os fios da costura feitos de garrafa pet. O zíper do vestido também é feito de material reciclado e o algodão e a seda utilizados nas partes internas foram produzidos sem o uso de produtos químicos. Além disso, o próprio vestido poderá ser reaproveitado, podendo separar as peças em novos looks.

      Compartilhe: