Arte: Kaws

outubro 25th, 2013 | Posted by Camila Felix in Arte - (0 Comments)

Kaws-Exhibition-in-Pennsylvania-7-640x476

O artista Brian Donnelly – mais conhecido como Kaws – está exibindo suas criações coloridas na Academia de Belas Artes da Pensilvânia. Apresentando especialmente uma nova escultura chamada “Born to Bend”, nesta exposição de contrastes, uma reminiscência de Takashi Murakami no Château de Versailles.

Kaws-Exhibition-in-Pennsylvania-18-640x492 Kaws-Exhibition-in-Pennsylvania-16-640x480 Kaws-Exhibition-in-Pennsylvania-15-640x486 Kaws-Exhibition-in-Pennsylvania-12-640x480 Kaws-Exhibition-in-Pennsylvania-11-640x480 Kaws-Exhibition-in-Pennsylvania-4-640x480

Compartilhe:

    Yayoi Kusama no CCBB do Rio de Janeiro

    setembro 19th, 2013 | Posted by Camila Felix in Arte - (0 Comments)

    louis-vuitton-yayoi-kusama-princess-of-the-polka-dots-video-01

    A artista japonesa famosa pelas polka dots e pela parceria com a Louis Vuitton, Yayoi Kusama, está com exposição no CCBB do rio de Janeiro em comemoração aos 24 anos do espaço. Em “Obsessão Infinita”, os visitantes poderão conhecer a trajetória da artista através dos 100 trabalhos expostos, que foram concebidos entre 1949 e 2012. Entre eles, estão suas pinturas, trabalhos em papel, esculturas, vídeos, apresentações de slides e instalações.

    A mostra contou com o apoio do Instituto Tomie Ohtake, em colaboração com o estúdio da artista e vai até o dia 26 de janeiro de 2014. Veio para o Brasil depois da temporada no Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires (Malba) e tem previsão de passar também por Brasília, São Paulo e Cidade do México.

    Compartilhe:

      As parisienses de Kanako

      setembro 18th, 2013 | Posted by Camila Felix in Arte - (0 Comments)

      Kanako_04-600x406Ela não é muito conhecida por aqui, mas a ilustradora japonesa Kanako é bem famosa entre os parisienses. Ela vive na Cidade Luz desde 2005 e trabalha para a “My Little Paris”, onde cria desenhos que sublimam a mulher perisiense, com silhueta esguia, personalidade e hábitos. Neste verão, suas obras estão expostas pelas ruas de Paris, sob o título de “Les Parisiens”. Abaixo você vê alguns cartazes da exposição.

      Kanako_05

      Kanako_03Kanako_01Kanako_Les-Parisiens_03 Kanako_Les-Parisiens_02 Kanako_Les-Parisiens_01

      Compartilhe:

        marion-pike-vogue-2-5aug13-pr_b_426x639

        Coco Chanel é o tema da nova exposição que vai acontecer no próximo mês no London College of Fashion. A mostra conta com retratos de mademoiselle Chanel feitos pela sua amiga Marion Pike. A exposição é sobre a amizade entre as duas, explorando suas histórias e influências criativas. Pike e Chanel se encontraram pela primeira vez em 1967, quando ela posou para uma pintura.

        marion-pike-vogue-3-5aug13-pr_b_1080x720

        A mostra contará com cinco retratos de Chanel, ao lado de peças de alta costura usadas por Pike e sua filha, Jeffie Pike Durham, que emprestou cada uma das peças exibidas. Com curadoria da professora do London College of Fashion, Amy de la Hayer, a exposição estará aberta entre os dias 4 de setembro e 16 de novembro.marion-pike-vogue-5aug13-pr_b_426x639

        Compartilhe:

          10_05-3-241-67

          Vai até o dia 26 de agosto no Rio de Janeiro, a exposição Gênesis, de Sebastião Salgado. São 245 imagens capturadas em oito anos de viagens aos lugares mais selvagens do planeta, com o intuito de alertar sobre os mais graves problemas ambientais, focando no que ainda há de belo e intocado. Durante esse trabalho, Salgado fez 30 viagens em aviões de pequeno porte, helicópteros, barcos e canoas para conseguir chegar aos lugares mais remotos do planeta. Em Gênesis, o fotojornalista volta depois de mais de dez anos sem fazer exposições grandiosas como Trabalhadores (1986-1992) e Êxodos (1994-1999), que marcaram sua carreira.

          s s1 s2 s6

           

          Serviço:
          Data: de 29 de maio a 26 de agosto (das terças-feiras aos domingos)
          Horário: das 9h às 17h.
          Local: Museu do Meio Ambiente do Jardim Botânico (Rua Jardim Botânico, 1008, Rio de Janeiro)

          Compartilhe:

            cat1

            Como todo mundo sabe, nada se cria, tudo se copia.  Na moda, essa frase é traduzida como ‘inspiração’. E já que a inspiração atual vem dos anos ’80, vale a pena conferir a explosão de criatividade em Londres na tão mal falada década com a nova exposição do Victoria & Albert Museum. Club to Catwalk: London Fashion in the 1980s mostra, através de 85 roupas, as ousadas e emocionantes visões dos jovens designers mais experimentais da década, incluindo Betty Jackson, Katharine Hamnett, Wendy Dagworthy e John Galliano.

            cat3

            Cabelo grande, ombreiras, roupas chamativas, exibicionismo descarado – é fácil achar graça dos anos ’80. Mas há uma razão para que tantos designers estejam olhando para essa década em busca de inspiração e essa tão esperada mostra é um claro lembrete disso. A exposição traça a emergência da teatralidade na moda britânica num momento em que a vibrante e eclética cena club da capital passou a influenciar uma nova geração de designers, explorando como a relação entre passarela e estilo clubber ajudou a reinventar a moda, o que se refletiu em revistas como iD e Blitz e boates como Heaven e Taboo.

            A década de 1980 foi de grande relevância para a moda inglesa, com o reconhecimento internacional das faculdades de design da capital e, em 1984, a realização da primeira London Fashion Week. Mas foi também a década de surgimento das vibrantes subculturas movidas a drogas, que uniram música, clube e passarela: designers foram DJs, modelos foram recepcionistas de clubes; seguranças eram músicos. E foi justamente nos clubes que os jovens tiveram a chance de se vestir de uma maneira nova e pirar.

            cat2

            John Galliano comenta que “quinta-feira e sexta-feira (a faculdade) St Martin’s estava quase deserta. Todo mundo estava em casa trabalhando em seus trajes para o fim de semana”. A também jovem designer Georgina Godley reitera essa explosão de criatividade: “a jovem Londres era sobre assumir riscos e criar algo a partir do nada através de paixão e ambição “.

            A exposição traz à tona o valor real da década de 1980: o espírito de experimentações audaciosas e alegres – em beleza, em identidade, no sexo e em gênero – que ressoa até hoje.

            Aberta em 10 de julho desse ano, a exposição fica em cartaz no Victoria & Albert Museum em Londres até dia 16 de fevereiro de 2014.

            Compartilhe:

              wallpeople-sign

              Wallpeople é um coletivo de arte urbana com sede em Barcelona, que reúne pessoas para fazer arte de rua em paredes vazias. O movimento tem como objetivo criar uma obra única, feita com a colaboração de todos, a fim de devolver a arte às ruas e reivindicar os espaços públicos.

               

              web_wallpeople2013_slideshow

              O projeto se espalhou por mais de 40 países e este mês e teve a música como tema, onde milhares de pessoas fizeram arte em diversos lugares do mundo, transformando muros em galerias a céu aberto.

              As pessoas foram encorajadas a reinterpretar uma música em forma de ilustração, fotografia, texto, pintura, colagem, tela e por aí vai… Eles também podiam criar qualquer trabalho relacionado com o tema, como uma homenagem a um artista, um show, um momento musical da sua vida, seu estilo favorito ou sobre história da música.

              No video abaixo, veja o que rolou em Barcelona:

               

              Compartilhe:

                pPSC-11-Paul-Smith-Collection

                A partir do dia 15 de novembro, o London’s Design Museum vai hospedar a exposição “Hello, my name is Paul Smith”, dedicada ao universo do designer britânico e sua marca, desde sua concepção até hoje.

                Paul smith abriu sua primeira loja em 1970, onde vendia peças de Kenzo e Margaret Howell, além de suas próprias criações. Hoje, sua marca possui mais de 60 lojas em todo mundo, cada uma com design e interior exclusivos, decorado com peças vintage que ele mesmo faz questão de procurar. Essa exposição documenta sua trajetória de vida, na qual Smith fez questão de participar da curadoria, que inclui peças das diferentes fases do estilista, desde o seu primeiro desfile em 1976 num quarto de hotel em Paris. A mostra também vai contar com uma réplica de sua primeira loja na Nottingham’s Byrd Lane.

                 

                Compartilhe:

                  1

                  Conhecido por suas fotos de cores saturadas com mulheres aparentemente desequilibradas em situações reais, Miles Aldridge é colaborador assíduo da Vogue italiana e está com exposição em Londres. A mostra “I Want You to Love Me” será exibida entre os dias 10 de junho e 29 de setembro, na Somerset House, quem visitar a cidade nesse período pode visitar a exposição que reúne fotos incríveis de Aldridge. Mas quem não puder ver de perto, pode encontrar as fotos no livro que tem o mesmo título da expo, com 270 imagens produzidas durante a sua carreira. Até o final do ano Miles Aldridge deve pisar em território brasileiro, quando ganhará um exposição em São Paulo.

                  2 3 4

                  Compartilhe:

                    casas

                    Laurent Chéhère é um fotógrafo francês e vive em Paris entre a fotografia e a publicidade. Porém, Laurent vive mesmo de suas duas paixões: viagem e fotografia. De Xangai a Valparaiso, Srinagar à Ushuaia, La Paz à Bamako e de Lhassa à Bogotá; ele viaja pelo mundo fotografando e acumulando experiências para seus trabalhos, explorando vilas, cidades e países, indo da fotografia de reportagem à imagem conceitual. Laurent possui um interesse particular por arquitetura que se uniu ao caráter lúdico do seu trabalho, dando origem à série de fotografias “Flying Houses” a partir da colagem digital e manipulação de fotografias. A exposição dessas fotografias já passou pela China, França, Bruchelas e agora está em São Paulo.

                     

                    casas1 casas3

                     

                    Serviço:

                    Galeria Lume

                    R. Joaquim Floriano, nº 733 – 2º andar

                    Itaim Bibi – São Paulo, SP

                    Compartilhe: